Fundação

O Município de Salesópolis, outrora denominado São José do Paraitinga, foi fundado pelo Capitão Aleixo de Miranda e pelos Alferes José Luiz de Carvalho e Francisco Gonçalves de Souza Melo. Os desbravadores subiram o Rio Tietê, depois de terem percorrido cerca de 41 Km, e no alto de um outeiro, constuíram uma capela emn louvor à Nossa Senhora da Ajuda. Mais tarde o povoado foi mudado para outro local, cerca de 7 Km rio acima. A nova povoação recebeu o nome de São José do Paraitinga, isto porque ao sopé da elegante e ampla colina deslizavam placidamente as águas cristalinas e tranquilas do Rio Paraitinga. As terras, de exuberante fertilidade, propiciaram o rápido progresso da povoação.

Elevação para freguesia

Pela Lei n.° 17 de 28 de fevereiro de 1838, a povoação foi elevada à categoria de freguesia.

Emancipação Político-Administrativa

Em 1857, a vila foi elevada à categoria de cidade e criado o Município de São José do Paraitinga, Ato este decorrente da Lei Provincial n.° 09 de 24 de março de 1857.

Mudança de Denominação

Em 1900, a Câmara Municipal, desejando homenagear o então Presidente da República Dr.Manoel Ferraz de Campos Sales, solicitou ao governo provincial que o nome do município fosse mudado para o de Salesópolis, o que ocorreu pela Lei n.° 965 de 16 de novembro de 1905.


Localização

Salesópolis está situada na área metropolitana da Grande São Paulo. É município de clima saudável e ar puro, voltado para a preservação do meio ambiente, não podendo ser nele instaladas indústrias poluentes.

Limites

Limita-se com os municípios de Santa Branca, Guararema, Paraibuna, Biritiba Mirim, Santos, São Sebastião e Caraguatatuba.


Aspectos Geográficos

Clima:
Temperado

População:
14.695 habitantes (fonte: IBGE 2001)

Localização:
Sub Região Leste da Grande São Paulo

Distância da Capital:
96 Km

Posição Geográfica:
Latitude sul 23º 33′ 00″
Longitude oeste 45º 50′ 00″

Altitude:
Média 850m
Mínima 740m
Máxima 1.100m (Pedra Rajada)

Superfície:
427 Km²

Limites:
O Município de Salesópolis limita-se:

Norte Santa Branca,
Noroeste Guararema,
Nordeste Paraibuna,
Oeste Biritiba Mirim,.
Sudeste Bertioga,
Sul São Sebastião,
Sudeste-leste Caraguatatuba.

Relevo:
Serra do Mar: Sul, Sudeste e Sudoeste do Município.
Morros e colinas: com altitudes que variam de 740 a 1.100 m.
Planícies: aparecem nas regiões baixas dos rios.

Vegetação:
Mata Atlântica: ocupa regiões da Serra do Mar constituindo a reserva florestal que corresponde a 1/3 (um terço) 142 Km², da área do município.
Mata Ciliar: encontrada às margens de rios e córregos.
Reflorestamento: eucalipto – ocupa aproximadamente 130Km² da superfície do município.
Com a implantação do cultivo do eucalipto que ocorreu de forma desorde-nada, houve uma diminuição da mata ciliar e nativa e ocorreu o empobrecimento do solo.

Hidrografia:
Bacia do Rio Tietê;
Bacia do Rio Claro;
Bacia do Rio Paraitinga.

Barragens:
Ponte Nova (Rio Tietê);
Ribeirão do Campo;
Barragem do Rio Paraitinga.

Vias de Acesso:
Estrada Salesópolis – Mogi das Cruzes, asfaltada.
Estrada Salesópolis – S.Sebastião, asfaltada.
Estrada Salesópolis – Santa Branca, asfaltada.
Estrada Salesópolis – Caraguatatuba, asfaltada.


Aspectos Econômicos

A silvicultura é a maior riqueza rural; o eucalipto é aproveitado para o fabrico da celulose, sendo matéria-prima de exportação.

A atividade horti-fruti-granjeira é importante, e em sua maior parte está localizada no Bairro do Alegre.


Aspectos Culturais

O município conta com 3 escolas de 1° grau; 1 escola de 1° e 2° graus; 25 escolas isoladas; 1 cinema; 1 centro recreativo e esportivo; Sociedade Esportiva Salesopolense; Clube das Mães; Sociedade São Vicente de Paula; Lions Clube de Salesópolis; Sociedade Amigos do Distrito de Nossa Senhora dos Remédios; Sociedade Esportiva e Cultural “Alvor”; Corporação Musical São José; Coral Santa Cecília; Biblioteca Municipal; grupos de moçambique, catira e congada; 1 estádio municipal.


Aspectos Turísticos

Igreja Matriz – atração dos turistas pela sua pintura original
Barragem Ponte Nova – Represando as águas do lendário Tietê, constitui-se num lugar bonito e agradável.
Pinheirinho – Local agradável para pescaria. Nascente do Rio Tietê. Local importante pelo aspecto geográfico e histórico.

Festas Tradicionais

28 de fevereiro – Aniversário de fundação da cidade.
19 de março – Festa de São José, padroeiro da cidade.
Festas juninas – Durante o mês de junho.
Festa do Divino – Durante o mês de julho.


Aspectos Gerais

Em Salesópolis, situada na Grande São Paulo, desenvolve-se como atividade crescente o artesanato: tricô, crochê, trabalhos com bambu, taboa, cerâmica e outros.

Situada na Serra do Mar, “Berço do Rio Tietê”, Salesópolis tem sido procurada pelo seu clima saudável e pelo sossego, que a caracterizam como a “CIDADE DO LAZER”.